ANA LUZIA LEMES PINTO

ANA LUZIA LEMES PINTO

Psicóloga

Campinas, SP

Graduada (2018) em Psicologia pela Universidade de São Paulo (FFCLRP - USP), com período de intercâmbio na Universidade do Porto (2016) financiado pela AUCANI - USP (Modalidade Mérito Acadêmico). Especialista (2020) em Saúde Mental (Programa de Residência Multiprofissional da UNICAMP) com atuação em CAPS-ad e Centro de Convivência. Mestranda de Psicologia em Saúde e Desenvolvimento na FFCLRP-USP. Experiência de trabalho em um Serviço de Orientação Social para pessoas em situação de rua. Desenvolve estudos e tem interesse nas interfaces dos seguintes temas: atenção psicossocial; saúde mental e gênero; uso problemático de drogas.

Continuar lendo

Acadêmico

Formação acadêmica

Mestrado em Psicologia

2020 - Atual

FFCLRP - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (USP)
Orientador: Profª Drª Clarissa Mendonca Corradi Webster

Especialização concluída em Residência Multiprofissional em Saúde Mental e Saúde Coletiva

2018 - 2020

UNICAMP
Orientador: Profª Drª Rosana T. Onocko Campos
Bolsista do(a): Ministério da Saúde, MS, Brasil.

Graduação em Psicologia

2013 - 2018

Universidade de São Paulo
Título: Associação entre Habilidades Sociais e Desempenho Acadêmico em alunos deficientes visuais que frequentam o ensino regular
Orientador: Profª Drª Luciana Carla dos Santos Elias
com Bolsista do(a): AUCANI, USP, Brasil.

Ensino Médio (2º grau)

2009 - 2011

COLEGIO SALESIANO DOM BOSCO

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 - 2019

Extensão universitária em Leituras Dirigidas da Obra de Jacques Lacan. (Carga horária: 68h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2019 - 2019

A Clínica do Acompanhamento Terapêutico. (Carga horária: 32h). , Instituto de Psiquiatria, IPQ USP, Brasil.

2017 - 2017

Como Trabalhar com Grupos?. (Carga horária: 100h). , Sociedade de Psicoterapias Analíticas Grupais do Estado de São Paulo, SPAGESP, Brasil.

2013 - 2017

Bacharelado Especial em Pesquisa. (Carga horária: 540h). , Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, FFCLRP - USP, Brasil.

2016 - 2016

Cambridge Examination Preparation - Advanced English. (Carga horária: 45h). , St Giles International Language Centre, ST GILES CANADA, Canadá.

2015 - 2015

General English. (Carga horária: 60h). , EC Los Angeles, EC LA, Estados Unidos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Italiano

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

PINTO, A. L. L. . II Congresso Internacional de Saúde Mental - International School Franca e Franco Basaglia - Módulo Ribeirão Preto. 2017. (Congresso).

PINTO, A. L. L. ; SANTOS, L. C . VI Seminario Internacional de Habilidades Sociais. 2017. (Outro).

PINTO, A. L. L. ; Bertagnoli, M. S. F. F. . 15º Congresso da Associação Paulista de Saúde Pública. 2017. (Congresso).

PINTO, A. L. L. . 44ª Reunião da Sociedade Brasileira de Psciologia. 2014. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Pré Conferência do Distrito de Saúde Leste. 2019. (Encontro).

Seminário Internacional de Políticas de Redução de Danos - Histórico, Atualidade e Perspectivas. 2019. (Seminário).

VII Congresso Internacional da ABRAMD. 2019. (Congresso).

Introdução à Psicanálise. 2018. (Encontro).

VI Congresso Internacional sobre Drogas. 2018. (Congresso).

47ª Reunião da Sociedade Brasileira de Psicologia. 2017. (Congresso).

AVALIAÇÃO QUALITY RIGHTS - AUTONOMIA USUÁRIOS E O PAPEL DO CAPS. 2017. (Congresso).

Conferência "O uso do Projeto Conversações Pública na produção de conhecimento". 2017. (Outra).

I CONGRESSO DE SAÚDE PÚBLICA DA ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE SAÚDE PÚBLICA a. 2017. (Congresso).

II Congresso Internacional de Saúde Mental Escola Franca e Franco Basaglia "Encontro com o Território" - Diálogos entre a Teoria e a Prática. 2017. (Congresso).

VI Seminário Internacional de Habilidades Sociais. 2017. (Seminário).

Workshop: Ferramentas conversacionais para o trabalho em saúde mental. 2017. (Congresso).

Workshop "CONSTRUÇÃO SOCIAL E PRÁTICAS TERAPÊUTICAS EM SAÚDE MENTAL. 2017. (Congresso).

I Encontro de Psicologia Social e Saúde Coletiva. 2016. (Encontro).

III Encontro Paulista da Abrapee. 2016. (Encontro).

IV JOTCC - Jornadas de Terapias Cognitivo Comportamentais. 2016. (Outra).

Mini Curso: Drogas - Entendendo essa "coisa". 2016. (Outra).

V Congresso Brasileiro de Saúde Mental. 2016. (Congresso).

I Encontro Educação e Subjetividade - Múltiplos Olhares. 2015. (Encontro).

II Simpocrime. 2015. (Simpósio).

I Seminário de Direito, Psicologia e Neurociência. 2015. (Seminário).

IV Psicologia, Práticas e Mercado. 2015. (Encontro).

IX Seminário Internacional sobre Delinquencia Juvenil. 2015. (Seminário).

Seminário: Impactos Jurídicos e Socioeconômicos da Redução da Maioridade Penal. 2015. (Seminário).

Vitimologia Forense: construindo o perfil da vítima. 2015. (Outra).

44ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia. 2014. (Outra).

Extensão universitária em Psicologia Forense - Perícia Psicológica. 2014. (Outra).

FBI e Psicologia Investigativa. 2014. (Outra).

I Simpocrime. 2014. (Simpósio).

Pesquisa e intevenção clínica no contexto de violência intrafamiliar. 2014. (Outra).

Psicologia Forense: perfis criminológicos.. 2014. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Marta Regina Gonçalves Correia Zanini

ELIAS, L. C. S.;CORREIA-ZANINI, Marta Regina Gonçalves; VERSUTI, FABIANA MARIS. Associação entre habilidades sociais e desempenho acadêmico em alunos deficientes visuais que frequentam o ensino regular. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto.

Luciana Carla dos Santos Elias

ELIAS, L. C. S.; VERSUTTI-STOCK, F.; ZANINI, M. R. G. C.. Associação entre habilidades sociais e desempenho acadêmico em alunos deficientes visuais que frequentam o ensino regular. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Universidade de São Paulo.

Fabiana Maris Versuti-Stoque

ELIAS, L. C. S.;VERSUTI-STOQUE, F. M.. Associação entre habilidades sociais e desempenho acadêmico. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Universidade de São Paulo- USP/FFCLRP.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Marina Simões Flório Ferreira

Apoio à co-gestão em serviços públicos de saúde mental: (re)pensando o trabalho e o cuidado na Rede de Atenção Psicossocial?; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia (59030)) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Marina Simões Flório Ferreira Bertagnoli;

Marina Simões Flório Ferreira

Apoio à co-gestão em serviços da rede municipal de saúde; 2017; Orientação de outra natureza; (Psicologia (59030)) - Universidade de São Paulo; Orientador: Marina Simões Flório Ferreira Bertagnoli;

Clarissa Mendonça Corradi-Webster

Associação entre eventos de estresse precoce e redes sociais de mulheres usuárias de drogas em tratamento no CAPS-ad; Início: 2020; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto; (Orientador);

Luciana Carla dos Santos Elias

Associação entre habilidades sociais e desempenho acadêmico em alunos deficientes visuais que frequentam o ensino regular; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto- USP; Orientador: Luciana Carla dos Santos Elias;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - 2017

    Apoio à co-gestão em serviços públicos de saúde mental: (re)pensando o trabalho e o cuidado na Rede de Atenção Psicossocial, Descrição: A regulamentação dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) como serviços de assistência aos usuários com demandas no campo de saúde mental, álcool e outras drogas é produto de um longo processo de discussão e fortalecimento da perspectiva de fornecimento de assistência ampliada à saúde mental no Sistema Único de Saúde (SUS). Neste contexto, o Ministério da Saúde, visando fortalecer o contraponto a proposta hegemônica, curativista e hospitalocêntrica, estabeleceu a implantação da RAPS (Rede de Atenção Psicossocial), na qual os CAPS assumiram papel estratégico de articulação, tanto na assistência direta aos usuários quanto na regulação e trabalho conjunto com os demais serviços de saúde. Este estudo teve como objetivo "mapear o processo de implantação da RAPS em um município do interior do Estado de São Paulo", cuja assistência à saúde mental ainda está estruturada em modelo ambulatorial, mas que pleiteia desde 2014 a implantação de um CAPS e a adesão à nova política. Foram analisados os documentos municipais de gestão e realizadas sessões de grupo focal com profissionais que atuavam diretamente na assistência e gestão do ambulatório de saúde mental. A análise do material revelou: a) nos documentos de gestão: o projeto de implantação da RAPS está restrito à construção de prédio para o CAPS e contratação de equipe mínima; b) nas sessões de grupo: dificuldades da equipe de saúde mental na articulação de ações com serviços da Atenção Básica e de outras áreas, como Poder Judiciário e Assistência Social; percepção da inadequação dos processos de trabalho instituídos frente à proposta da RAPS; dificuldades na transição do modelo de atuação ambulatorial para o modelo CAPS; falta de protagonismo da equipe tanto na gestão do processo de trabalho atual quanto no planejamento da implementação da RAPS; enrijecimento das práticas assistenciais, com manifestação de resistências em relação a possibilidade de adesão a outras estratégias de atuação. O estudo concluiu que a implantação de uma Rede desta magnitude exige nova configuração assistencial, que pode ser facilitada por meio de estratégias de gestão compartilhada, a partir das quais necessidades e interesses de diversos atores podem ser discutidos a fim de orientar pactuações assistenciais, capazes de alavancar a melhor compreensão da proposta oficial ante a realidade dos serviços, facilitando a comunicação entre profissionais, gestão municipal e usuários do SUS. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Luzia Lemes Pinto - Integrante / Profª Drª Marina Simões Florio Ferreira - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2014 - 2016

    Associação entre Habilidades Sociais e Desempenho Acadêmico em alunos deficientes visuaus que frequentam o Ensino Regular, Descrição: A literatura aponta as interações sociais no contexto escolar como fundamentais para a formação dos repertórios individuais dos deficientes visuais (DVs) conferindo melhor qualidade das vivências educacionais e evitando problemas no desenvolvimento psicossocial. Dentro desse contexto inserem-se as habilidades sociais (HS) que são classes de comportamentos presentes no repertório de um indivíduo que favorecem relacionamentos produtivos e saudáveis. Déficits nas HS parecem associados a problemas no relacionamento interpessoal, dificuldades comportamentais e baixo rendimento escolar. Diante desse contexto o presente estudo teve por objetivo verificar a associação entre as HS e o desempenho acadêmico de alunos DVs, analisando quais classes comportamentais se mostraram presentes e ausentes, ajudando a caracterizar e propor intervenções com essa população. Participaram 13 alunos DVs e 26 professores de uma escola estadual de Ensino Fundamental II e Ensino Médio, da cidade de Ribeirão Preto. Os dados foram coletados pelos instrumentos: Inventário de Habilidades Sociais para adolescentes - IHSA; Sondagem de Habilidades Sociais e problemas de comportamento de adolescentes em contexto escolar; e médias das notas escolares. Os resultados brutos de cada instrumento foram submetidos a análises estatísticas pelo programa SPSS. Quanto às classes do IHSA, 9 adolescentes apresentaram repertório satisfatório de HS gerais ( com resultados superiores ao percentil de referência 35), sendo as subescalas de autocontrole (11 DVs) e empatia (9 DVs) as mais presentes entre os estudantes; foram encontrados maiores déficits nas habilidades de assertividade e abordagem afetiva; em ambas subclasses 6 alunos apresentaram repertório abaixo do esperado, apontando um campo para intervenção. O desempenho acadêmico sugere que a maioria (12) dos DVs está acompanhando as atividades escolares dentro do esperado para a respectiva série. A Sondagem, respondida por dois blocos de professores, apontou correlações estatisticamente significativas e negativas entre os Problemas de Comportamentos avaliados pelos docentes e a habilidade de desenvoltura social analisado pelo IHSA (r = - 0,653, p0,05; para a secção de professor 1) e (r = - 0,681, p0,05; para a secção de professor 2). A habilidade de assertividade do IHSA também apresentou correlação com as médias escolares gerais dos adolescentes (r = 0,626, p0,05). O teste de Mann-Whitney não demonstrou diferenças entre gênero nos diferentes instrumentos. Os resultados positivos nas reservas comportamentais e no desempenho acadêmico dos DVs são respaldados pelas práticas realizadas há 17 anos na instituição com essa população-alvo, envolvendo aulas de reforço no contra turno escolar, materiais didáticos adaptados, além de parcerias com instituições suporte, apontado para os benefícios escolares e sociais de uma inclusão focalizada.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Luzia Lemes Pinto - Integrante / Profª Drª Luciana Carla dos Santos Elias - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2017

Menção Honrosa pelo trabalho "Adolescentes deficientes visuais: caracterização de habilidades sociais e desempenho acadêmico", 47ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia.

2017

Menção Honrosa pelo trabalho "O trabalho em equipe em um ambulatório de saúde mental ante a perspectiva de implantação da Rede de Atenção Psicossocial", 47ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia.

Histórico profissional

Experiência profissional

2017 - 2017

Universidade de São Paulo

Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Monitor de disciplina sobre Trabalho em Saúde, Carga horária: 4

2014 - 2015

Irhis Consultoria Júnior em Psicologia

Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Membro da Área Administrativa, Carga horária: 5